Facebook Pixel 5 dicas para fidelizar pacientes na sua clínica médica - E-saúde

Artigo

5 dicas para fidelizar pacientes na sua clínica médica

Publicado em 19.09.2016

5 dicas para fidelizar pacientes na sua clínica médica

Como fidelizar pacientes? De nada adianta dominar as técnicas da medicina, se ele chega na clínica e não tem um bom atendimento, encontra um ambiente desagradável ou precisa esperar horas para ser chamado. Hoje, mais importante do que saber diagnosticar é também fidelizar pacientes que já estiveram aos seus cuidados.

O trabalho é árduo, mas compensador. Lembre-se de que em geral, quando procura um médico, o paciente já está doente ou com dor e, por isso, mais sensível a tudo o que acontece. Neste momento, a regra de ouro é: ele precisa ser bem acolhido.

A seguir apresentamos 5 dicas que vão ajudá-lo a atrair e fidelizar aqueles que escolhem pedir ajuda a você:

1. Valorize o visual para fidelizar o paciente

A sala de espera é o primeiro contato que o paciente terá com seus serviços. Por isso, valorize cada detalhe e preocupe-se em fazer com que ele se sinta confortável. O primeiro passo para isso é cuidar para que o ambiente não passe uma sensação de frieza. Cada detalhe é importante:

  • disponha jornais e revistas atuais;
  • deixe uma TV ligada com um conteúdo agradável (preferencialmente informativo) e escolha a dedo a música ambiente que ficará tocando no local;
  • disponibilize Wi-Fi, pois isso ajuda a distrair;
  • ofereça água, chá, café e bolachas.

Se for possível, procure personalizar o ambiente de acordo com o tipo de público que você costuma receber: caso você seja pediatra, uma boa ideia seria disponibilizar jogos de montar e videogames, por exemplo. Isso passa a impressão de que você se preocupa exatamente com a presença dele ali.

2. Capriche no atendimento

De nada adianta investir em boa aparência se o paciente não for bem recebido quando entrar em contato com a sua clínica. Lembre-se: não existe hora certa para o bom atendimento ser feito.

Isso deve ser uma prática recorrente da sua clínica, desde a marcação da consulta e a chegada na clínica até a hora que ele estiver dentro do consultório. O paciente precisa sentir-se acolhido e especial desde o primeiro contato.

3. Evite deixar o paciente esperando por muito tempo

Sempre que tem consulta, o paciente já sabe que vai ter que ficar esperando. Por isso, tente ser diferente. Organize as consultas com um tempo razoável entre uma e outra, já contando possíveis atrasos. Isso evita, por exemplo, que uma demora na primeira consulta do dia afete todas as demais.

Mesmo que os atrasos sejam inevitáveis, faça com que eles sejam uma exceção e não a regra. Lembre-se: mais vale um paciente bem atendido do que dois cansados de esperar. Isso certamente irá chamar a atenção!

4. Facilite o acesso do paciente à sua clínica

A tecnologia hoje deve ser parceira do seu consultório. Por isso, a marcação de consultas não precisa se limitar só ao telefone — principalmente se ele é pequeno e corre o risco de estar com a linha sempre ocupada.

Além do número, disponibilize e-mail e WhatsApp para que o paciente entre em contato para marcar uma consulta. E responda todos eles de imediato: caso contrário, de nada adianta oferecer as facilidades se você não as pratica.

5. Ofereça bom atendimento para além do consultório

Tudo bem que o único motivo que leva o paciente a procurar os seus serviços é o interesse pelo diagnóstico ou a curar a dor. Mas isso não significa que ele precisa ser esquecido depois que vai embora. Pelo contrário: fidelizar pacientes pode ser muito eficiente se você souber fazê-lo de forma correta. Por exemplo:

  • esteja disponível para responder as dúvidas que o paciente tem após a consulta;
  • encaminhe e-mails com novidades e informações úteis;
  • mantenha um site bonito e atualizado na internet e nas redes sociais;
  • envie um cartão e um brinde no aniversário.

Tratam-se de atitudes simples, mas que fazem toda a diferença. O importante é mostrar que você o valoriza.

Cada detalhe importa neste processo de fidelizar pacientes. Qualquer descuido, já no primeiro atendimento, vira motivo para ele nunca mais voltar. Afinal, opções semelhantes no mercado existem aos montes. Por isso, faça bem o básico e depois busque se diferenciar dos demais concorrentes.

Gostou do artigo? Siga a nossa página nas redes sociais para receber outras dicas valiosas de marketing médico. ?

Como as clínicas médicas podem mensurar o resultado do investimento em marketing?

Artigo

Como as clínicas médicas podem mensurar o resultado do investimento em marketing?

7 dicas para melhorar o atendimento da sua clínica

E-book

7 dicas para melhorar o atendimento da sua clínica

Receba nosso conteúdo VIP