Artigo

4 fatores para observar em um site para clínicas e hospitais

Por:
Publicado em 12/01/2020 - Atualizado 03/08/2020

4 fatores para observar em um site para clínicas e hospitais

Independente do segmento de atuação, ter um site deixou de ser um diferencial para se tornar uma necessidade frente às novas exigências do mercado e formas de consumo de informação. Como não seria diferente, criar um site para clínicas e hospitais é uma estratégia básica dentro do marketing médico, mas que merece uma atenção especial para garantir os resultados esperados.

Ouça este conteúdo:

 

Criar um site nem sempre é uma garantia de que você irá conseguir muitos acessos, aumentar a visibilidade de sua instituição de saúde ou atrair novos pacientes, por exemplo. Contudo, ao observar os fatores necessários para a criação de um site, é possível colocar sua página nos primeiros resultados do Google além de torná-lo uma ótima ferramenta de apoio à jornada do seu paciente.

Para te ajudar nessa missão, separamos 4 fatores que você deve observar ao criar um site para clínicas e hospitais. Continue a leitura e saiba mais!

Qual a importância de um site para clínicas e hospitais?

Para se ter uma ideia da importância de um site para sua estratégia digital, 1 em cada 20 pesquisas realizadas no Google estão relacionadas às questões de saúde, segundo dados do próprio buscador. Isso significa que, ao deixar de aproveitar tantas buscas, você está perdendo oportunidades reais de atrair, encantar e fidelizar novos pacientes. 

Quando falamos em criação de sites, a premissa “quem não é visto, não é lembrado” faz total sentido, afinal se o paciente não encontra o seu site, ele irá agendar uma consulta com um concorrente que teve o site encontrado, certo? Mesmo que isso não aconteça de imediato, ao conhecer o site de um concorrente, o paciente passa a ganhar mais confiança nos serviços oferecidos, e lá na frente pode realizar uma consulta.

Portanto, ter um site é essencial para todas as etapas de construção do seu relacionamento com o paciente. Desde o primeiro contato até a fidelização, o site permite:

  • aumentar sua presença online;
  • ser encontrado com maior facilidade;
  • atrair novos pacientes;
  • oferecer conteúdos informativos e relevantes;
  • criar um canal de comunicação com os pacientes;
  • fidelizar pacientes.

O que observar ao criar um site?

Para garantir todos os benefícios citados acima é importante que você se atente para alguns fatores que fazem toda a diferença para a relevância de seu site. Abaixo, você confere 4 fatores que não podem faltar em um site para clínicas e hospitais!

Foco na experiência do paciente

A experiência do paciente está relacionada ao seu grau de satisfação quando ele navega pelo seu site. Para garantir uma experiência satisfatória, é preciso entender o que o usuário procura e quais são as necessidades que ele deseja sanar ao acessar seu site. Essa tarefa deve ser feita com base nos 5 pilares principais da experiência do usuário:

  1. Estética
  2. Usabilidade
  3. Arquitetura da Informação
  4. Fluxos de interação
  5. Conteúdo

Regras do CFM

O Conselho Federal de Medicina (CFM) impõe algumas regras no que tange à publicidade na área médica, o que implica que seu site deve observar as normas antes de realizar qualquer ação publicitária. De modo geral, é importante que suas páginas não tenham nenhum caráter comercial, mas, sim, educativo e informativo. Para conferir todas as regras do manual de publicidade médica, clique aqui.

Responsividade

Um site responsivo é aquele que está adaptado a todos os dispositivos de acesso, como notebooks, tablets e, principalmente, smartphones, já que estes últimos respondem pela grande maioria dos acessos à internet. Dessa forma, criar um site responsivo permite que o paciente tenha uma boa experiência enquanto navega pelo seu site. Por outro lado, se ele encontrar um erro de configuração devido à ausência de responsividade, provavelmente irá sair da página em poucos segundos.

Técnicas de SEO

Trabalhar as regras de SEO é essencial para que seu site seja encontrado durante uma busca. Para colocar a estratégia em prática, é preciso trabalhar palavras-chave relevantes em todas as suas páginas, além de seguir as demais orientações. Para aumentar a relevância de seu site, vale a pena criar um blog e atualizá-lo com conteúdos relevantes, sempre de acordo com as regras de SEO.

Quer conferir outros artigos como este? Acesse nosso blog e confira os conteúdos que publicamos no Facebook, Instagram e Youtube. Até a próxima!

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba por e-mail conteúdos sobre Marketing Digital para saúde.


Material escrito por:
Coordenação

É a Coordenadora de Desempenho da E-saúde. Busca desenvolver na equipe o espírito de cooperação, a inteligência e o humanismo. Sua motivação é ver todos bem: crescendo, se desenvolvendo e comprometendo em obter resultados consistentes para os clientes da E-saúde, ou seja, tendo eficácia através de uma conduta ética.

O marketing digital para clínicas médicas e sua eficácia

Artigo

O marketing digital para clínicas médicas e sua eficácia

Check-list dos padrões de SEO usados na E-saúde

E-book

Check-list dos padrões de SEO usados na E-saúde

Receba nosso conteúdo VIP