Os pilares do marketing médico digital: conteúdo, social e relacionamento

os-pilares-do-marketing-medico-digital-conteudo-social-e-relacionamento

Atualizado 05/12/2020

O modo com que os pacientes se relacionam com a área da saúde tem sofrido mudanças significativas ao longo dos últimos anos, sendo essencial a adoção do marketing médico digital para satisfazer as maiores exigências e mudanças de comportamentos dos consumidores.

Clínicas, laboratórios e hospitais estão acompanhando mais do que nunca as novas tendências de consumo das informações no século XXI para atender às demandas de pacientes cada vez mais detalhistas e criteriosos.

Nesse cenário, o marketing médico digital pode se tornar um poderoso aliado!

Se antes era comum escolher o local de consulta e tratamento após ver banners, propagandas televisivas ou até mesmo ser influenciado pelo famoso “boca a boca”, atualmente isso é um pouco diferente.

A busca por informações mais detalhadas na internet e a necessidade de identificação com valores e princípios das clínicas, hospitais e consultórios têm demonstrado cada vez mais a importância do marketing médico digital para área da saúde.

Existem diversas táticas, ferramentas e canais possíveis de serem utilizados nessa estratégia, mas sem conhecê-los profundamente, dificilmente você irá conseguir resultados satisfatórios.

Entenda sobre cada pilar do marketing médico digital e saiba por que eles são fundamentais para fazer campanhas inesquecíveis e melhorar de uma vez por todas a sua relação com os pacientes.

Continue a leitura e conheça mais sobre esse importante assunto!

O que é marketing médico digital e qual a sua importância?

Antes de tudo, vamos entender melhor o conceito de marketing médico digital.

Como o próprio nome diz, trata-se do marketing digital aplicado à área da saúde com a finalidade principal de atrair novos pacientes para clínicas, consultórios, entre outros.

Contudo, é preciso entender que não estamos lidando com clientes que desejam um produto ou serviço, mas, sim, com pessoas que estão em busca de tratamentos médicos e qualidade de vida.

É por isso que nem todas as estratégias de marketing digital podem ser aplicadas ao marketing em saúde, de acordo com as recomendações do Conselho Federal de Medicina.

Inclusive, o CFM criou um manual de publicidade médica para facilitar o trabalho dos profissionais do marketing. Desse modo, eles ficam sabendo o que pode ou não ser feito em estratégias online.

A grande importância do marketing digital para essa área em específico é estar presente onde a persona de instituições de saúde está: na internet.

Para se ter uma ideia, 76% das pessoas acreditam fielmente em informações encontradas no Google quando as fontes são confiáveis, além de utilizarem muito este buscador antes de irem a consultas médicas.

Ou seja, se sua instituição não possui visibilidade online, dificilmente você será encontrado e lembrado por possíveis pacientes.

Os pilares do marketing médico digital

O marketing médico digital possui alguns pilares essenciais que são extremamente importantes e devem nortear toda a construção dos planos, ações e estratégias. Saiba mais sobre eles!

Marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo possui o objetivo principal de fazer com que sua clínica seja encontrada por usuários que pesquisam sobre determinados assuntos relacionados à sua área de atuação.

Inclusive, o assunto de saúde é muito procurado pelas pessoas e 70% delas buscam conteúdos sobre dicas de bem-estar e hábitos saudáveis.

Mas, muito mais do que apenas se fazer encontrar, o marketing de conteúdo é fundamental para encantar, conquistar e fidelizar pacientes.

Para que isso seja possível, é preciso criar conteúdos relevantes que realmente transmitem valor e que sejam úteis para esclarecer dúvidas, questionamentos e enriquecer os conhecimentos das pessoas.

Uma das melhores formas de trabalhar essa estratégia é por meio da criação de um blog, elaborando textos que eduquem e preparem o público para a decisão de compra.

Redes sociais

Com mais de 130 milhões de brasileiros ativos no Facebook e cerca de 66 milhões de usuários no Instagram, não dá para ignorar a importância das redes sociais para o marketing médico digital.

E, mais uma vez, se você quer ser visto, precisa estar onde sua persona se encontra.

Na área médica, as redes sociais são importantes canais para compartilhar atualizações, dicas, novidades e conteúdos relevantes sobre seu segmento.

Com isso, é possível criar uma relação de maior proximidade com os pacientes que você deseja conquistar, além de ampliar seu alcance e atingir um número muito maior de pessoas.

Pelas redes sociais é possível estreitar relações, engajar o público, informar sobre novidades, mudanças de horário, abertura em feriados e muito mais.

Além disso, a mensuração de dados como idade, localização, interações e outras informações sobre a sua base de seguidores se dá em tempo real, o que permite posteriormente ações de marketing bem específicas e direcionadas para quem realmente interessa.

Mídia paga

A mídia paga consiste, basicamente, em aplicar uma quantia em dinheiro para as plataformas exibirem sua instituição de saúde, sobretudo, nos resultados de uma busca específica – como a estratégia de Google Ads – ou impactar novos usuários nas redes – por meio do Social Ads.

O grande objetivo desse tipo de mídia é gerar resultados em um curto espaço de tempo ao aumentar a visibilidade e promover seu estabelecimento para um maior número de pessoas.

E com as estratégias certas de segmentação, é possível impactar indivíduos que fazem parte do seu público-alvo, aumentando as chances de convertê-los em pacientes.

Já pensou aparecer em primeiro lugar quando alguém pesquisar uma palavra-chave que seja inteiramente relacionada à sua clínica?

Os resultados de mídia paga na internet são surpreendentes, além dela ser mais barata, pois cobra de uma forma diferente: a partir dos cliques no anúncio é que será feita a cobrança da verba colocada na plataforma.

Partindo do fato que cerca de 90% das pessoas, quando pesquisam sobre saúde na internet, estão preocupadas com o próprio bem-estar, as buscas que direcionarão para sua clínica chegarão a centenas por dia!

SAC 2.0

O relacionamento por meio do SAC 2.0 é uma das principais formas de se aproximar de possíveis pacientes e convertê-los futuramente.

Com cada vez mais gente procurando resolver questões da própria vida no ambiente online, oferecer algumas vantagens que facilitem o cotidiano é um grande benefício para sua instituição.

Como exemplo, podemos citar a possibilidade de agendar consultas via internet, esclarecer dúvidas com agilidade, disponibilizar chat online etc.

Nas redes sociais – um dos principais canais de comunicação com seu público – é preciso dar uma atenção ainda mais especial.

O ideal é sempre responder aos comentários, avaliações e mensagens inbox de maneira cordial, solícita e ágil.

Dessa forma, é de extrema importância ter ao dispor do público uma equipe apenas para  solucionar questões como estas em todos os canais digitais.

Gostou de conhecer mais sobre esses pilares do marketing médico digital? Fale com nossos consultores e saiba como podemos ajudá-lo!

user
Autor: CEO de E-saúde Marketing
É a Coordenadora de Desempenho da E-saúde. Busca desenvolver na equipe o espírito de cooperação, a inteligência e o humanismo. Sua motivação é ver todos bem: crescendo, se desenvolvendo e comprometendo em obter resultados consistentes para os clientes da E-saúde, ou seja, tendo eficácia através de uma conduta ética.
Compartilhar

Assine nosso conteúdo VIP