Artigo

Como utilizar o inbound marketing para e-commerce da área da saúde

Por:
Publicado em 16/11/2020

Como utilizar o inbound marketing para e-commerce da área da saúde

Comprar on-line já é um hábito que faz parte da rotina de milhões de brasileiros. Se essa já era uma tendência em ascensão, o isolamento social causado pela pandemia potencializou ainda mais esse hábito. De olho nessa nova realidade, cada vez mais empresas estão disponibilizando produtos para compra on-line, o que aumenta a competitividade no setor. Nesse cenário, o inbound marketing para e-commerce pode ser o grande aliado para aumentar suas vendas!

Engana-se quem acredita que a área da saúde fica atrás quando falamos em compras on-line. O segmento registrou um aumento de 124% durante os primeiros 15 dias de março, de acordo com dados da Abcomm e Compre&Confie compilados pelo Cuponation. Além do comércio eletrônico B2C, as vendas on-line na área da saúde para o segmento B2B também são uma tendência em crescimento.

Por que investir em inbound marketing para e-commerce de saúde?

Quando falamos em e-commerce, a tendência de investimento em estratégias digitais se volta, sobretudo, para links patrocinados, afinal o cliente já sabe o que procura e o que quer comprar, certo? Nem sempre! Não é porque estamos falando de produtos que você deve empurrá-los para cima dos possíveis clientes.

Nem todas as pessoas, que chegam até seu e-commerce, estão prontas para realizar uma compra. Segundo Chet Holmes, autor de The Ultimate Sales Machine, apenas 3% do público-alvo de uma empresa está buscando ativamente uma solução, e aproximadamente 7% estaria disposto a ouvir o que a empresa tem a dizer. Entre os outros 90%, temos uma grande parcela do público em que podemos focar esforços para escalar esta pirâmide.

Em muitos casos, o usuário ainda possui uma série de dúvidas sobre um determinado produto, quais seus benefícios, qual produto atende melhor suas necessidades, etc. É aí que o inbound marketing para e-commerce atua como um importante aliado para preparar o usuário para o momento da compra, conduzindo-o pela jornada do cliente de maneira estratégica e personalizada.

Como implementar as estratégias de inbound marketing para seu e-commerce?

Primeiro passo: atração

O primeiro passo é fazer com que seu e-commerce seja encontrado pelos usuários. Para aumentar sua visibilidade e atrair novos consumidores em potencial, é preciso criar conteúdo útil e relevante para suas personas.

Assim como para outros segmentos, os conteúdos de inbound marketing para e-commerce também devem englobar as quatro etapas do processo:

  1. Aprendizado e descoberta

  2. Reconhecimento do problema

  3. Consideração da solução

  4. Decisão

Por isso, não basta ter um site otimizado apenas com seus produtos. É preciso criar canais para a divulgação de seus conteúdos. Aqui, um blog com conteúdos otimizados para SEO é uma das estratégias mais poderosas que você pode – e deve – utilizar!

Segundo passo: conversão

Ok, você conseguiu gerar mais tráfego para seu site, mas isso não significa, necessariamente, que os visitantes irão realizar uma compra. Por isso, o próximo passo é convertê-los em lead para que você possa nutri-los e prepará-los para o momento da compra.

As landing pages são importantes aliadas para a obtenção de informações pessoais dos visitantes. Quando eles preenchem o formulário, deixam de ser apenas visitantes para se tornarem leads, ou seja, pessoas com potencial para realizar uma compra com você.

Mas para obter o contato, é preciso oferecer algo em troca: um e-book, infográfico, demonstrativo do produto, etc. Por isso, capriche no conteúdo e no copywriting da landing page para que os visitantes sintam-se atraídos a baixar o conteúdo ofertado. As campanhas de conversão no Facebook Ads e Google Ads também são uma importante estratégia.

Terceiro passo: relacionamento

Não é porque você conseguiu transformar um visitante em lead que você vai lotar sua caixa de e-mail com ofertas de seus produtos. No inbound marketing, é preciso construir um relacionamento próximo e conquistar a confiança do cliente para que ele sinta que você é a melhor opção do mercado.

Portanto, no inbound marketing para e-commerce, o relacionamento faz toda a diferença. O e-mail marketing é a estratégia mais eficiente para atingir esse objetivo, já que permite o envio de conteúdos personalizados e segmentados de acordo com as necessidades e o estágio de compra de cada lead.

Quarto passo: venda

Se as etapas anteriores forem realizadas de maneira estratégica, a venda é uma ação que tende a acontecer naturalmente. Mas nada impede que você dê aquele empurrãozinho para estimular essa ação nos seus leads.

Quando o lead estiver na etapa de decisão de compra, a dica é criar promoções exclusivas e ofertas personalizadas, oferecer cupons de desconto, enviar uma amostra do produto, etc. E não se esqueça que o relacionamento com seu cliente não termina após a venda. O ideal é sempre criar ações estratégicas de fidelização para que ele volte a comprar com você.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco e envie sua pergunta. Quem sabe ela não vira tema para um próximo artigo!

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba por e-mail conteúdos sobre Marketing Digital para saúde.


Material escrito por:
Coordenação

É a Coordenadora de Desempenho da E-saúde. Busca desenvolver na equipe o espírito de cooperação, a inteligência e o humanismo. Sua motivação é ver todos bem: crescendo, se desenvolvendo e comprometendo em obter resultados consistentes para os clientes da E-saúde, ou seja, tendo eficácia através de uma conduta ética.

Receba nosso conteúdo VIP