Artigo

Como manter a gestão financeira da clínica saudável?


Publicado em 18/06/2020 - Atualizado 31/07/2020

Como manter a gestão financeira da clínica saudável?

Administrar um negócio próprio exige muitas responsabilidades, e para cuidar dos pacientes da melhor forma, os profissionais de saúde precisam manter a gestão financeira da clínica saudável.

Conciliar todas as atividades administrativas com a rotina médica não é um processo simples, e muitos profissionais de saúde não têm o conhecimento básico em finanças e administração. 

Porém, para conseguirem atender seus pacientes com qualidade, também é preciso garantir uma excelente gestão financeira da clínica. 

Ouça este conteúdo: 

 

O livro Empreendedorismo: Gestão Financeira para Micro e Pequenas Empresas afirma que embora qualquer negócio tenha riscos, é possível se prevenir contra eles.

> “Não é regra, mas as micro e pequenas empresas não se organizam nem se estruturam de maneira eficiente e adequada. […] o sucesso do negócio depende, sobretudo, de um bom planejamento financeiro.”

Continue a leitura e descubra exatamente como alcançar esse objetivo tão fundamental para as clínicas e consultórios médicos. 

Acompanhe!

5 passos para manter a gestão financeira da clínica saudável

> “A administração financeira é o ofício do planejamento, da organização e da prevenção de riscos […] e não requer recursos poderosos e caros para sua realização. Conhecimentos medianos de contabilidade, finanças e soluções de sistemas de gestão, podem resolver eficiente a questão.”

Como o livro citado mais acima aponta, para manter a gestão financeira da sua clínica saudável, não é necessário ser um especialista em finanças.

Alguns conhecimentos básicos já podem garantir uma excelente estabilidade. Para te ajudar, separamos 5 principais passos que irão garantir um bom controle financeiro para o seu negócio. 

1. Siga seu planejamento orçamentário

Você fez um planejamento orçamentário da sua clínica? Está acompanhando ele frequentemente ao longo do tempo?

Se você ainda não produziu um planejamento orçamentário, também conhecido como planejamento financeiro, é importantíssimo que realize um agora mesmo.

Sem um planejamento, você não sabe quais são seus objetivos, quanto precisa ganhar para manter o negócio funcionando, e muito menos quanto precisa para ampliar seus resultados. 

Para ter um ótimo planejamento, é essencial pensar nos seguintes aspectos:

    • Custos fixos: as despesas fixas são aquelas que se mantém constantes todos os meses, como o aluguel do imóvel, contas de energia e salário dos colaboradores. Seus preços continuam os mesmos, ou passam por alterações mínimas ao longo do ano; 
    • Custos variáveis: existem algumas despesas que variam de acordo com a quantidade de atendimentos realizados, como materiais descartáveis e impressão de solicitação de exames. Elas são chamadas de custos variáveis, porque você não sabe exatamente quanto elas vão custar no final do mês;
    • Ponto de equilíbrio: quantos pacientes você precisa atender para pagar todas as despesas do seu consultório? Esse número ou valor gerado é chamado de ponto equilíbrio, pois representa o quanto você precisa gerar de receita para não deixar sua clínica cair no vermelho. 

 

Para aprender outros conceitos básicos de planejamento orçamentário, baixe gratuitamente nosso eBook de Gestão de Custos.

2. Reserve bem seu capital de giro

O capital de giro é a parte do seu investimento que irá garantir o funcionamento da clínica ao longo do tempo. 

Ele é útil, principalmente, nos primeiros meses de funcionamento do estabelecimento, quando normalmente as receitas não pagam todas as despesas

Porém, é importante enfatizar que o capital de giro é necessário durante toda administração da clínica

Você irá utilizá-lo para suprir demandas financeiras como reposição de estoque, e situações de emergências. Assim, você consegue uma segurança maior das suas finanças. 

3. Registre todas as movimentações financeiras da sua clínica

Você consegue registrar todas as movimentações financeiras da sua clínica de forma organizada?

Para manter a gestão financeira da sua clínica saudável, é fundamental que você registre todas as entradas e saídas de dinheiro

Dessa forma, você consegue visualizar de forma clara como está sendo seu fluxo de caixa, e consegue analisar quais semanas você atende mais pacientes, quais dias possui mais despesas, entre outros aspectos. 

O fluxo de caixa é uma ferramenta fundamental para manter a organização das suas finanças. Ele também pode ajudar a identificar pontos de melhorias ou oportunidades de crescimento financeiro. 

Apesar de muitos gestores utilizarem planilhas para registrarem as movimentações financeiras, o ideal é você conte com um software de gestão.

Diferente de outras plataformas, um software médico foi desenvolvido para a área da saúde, o que proporciona uma segurança de dados de excelência, assim como um ótimo controle financeiro. 

4. Separe as contas pessoais das contas da clínica

A dica de não misturar contas pessoais e contas da clínica é muito comentada, porque muitos profissionais de saúde ainda cometem esse erro que pode se tornar fatal. 

Ter uma boa organização é essencial para ter uma gestão financeira saudável. 

Essa organização não pode ser alcançada se você mistura suas contas pessoais com as profissionais. Afinal, como você consegue saber quais foram as reais despesas da sua clínica?

Você pode pensar que seu negócio não está trazendo retorno quando, na verdade, seu controle financeiro pessoal está ultrapassando o que você de fato ganha. 

5. Acompanhe os resultados 

Por fim, é extremamente importante que você lembre de acompanhar seus resultados constantemente. 

Afinal, o planejamento orçamentário que você realizou alguns meses atrás, pode não fazer mais sentido para o seu cenário atual

Talvez alguma mudança na área da saúde tenha alterado totalmente seu fluxo de atendimentos, e por isso, seu planejamento precisa ser revisto e alterado.

Acompanhar seus resultados também pode mostrar novas oportunidades, como a possibilidade de realizar investimentos na área da saúde

Viu como alguns passos básicos podem manter a gestão financeira da clínica saudável? 

Caso tenha ficado com alguma dúvida, deixe aqui embaixo nos comentários e não se esqueça de compartilhar o conteúdo com seus amigos!

Conteúdo escrito por: 

logo-final

iClinic: software médico para gestão de clínicas e consultórios médicos, com a missão de descomplicar a saúde no Brasil, temos como objetivo empoderar os médicos, ajudando a cuidarem de seus negócios com os avanços e benefícios da tecnologia.

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba por e-mail conteúdos sobre Marketing Digital para saúde.


Aprenda como gerenciar a agenda de pacientes de forma organizada

Artigo

Aprenda como gerenciar a agenda de pacientes de forma organizada

Guia financeiro para clínicas: as melhores dicas para uma gestão otimizada

E-book

Guia financeiro para clínicas: as melhores dicas para uma gestão otimizada

Receba nosso conteúdo VIP