Facebook Pixel A importância das redes sociais para os serviços de saúde

Artigo

Sua instituição de saúde está nas redes sociais? Saiba porque não ficar de fora

Publicado em 16.09.2015

Sua instituição de saúde está nas redes sociais? Saiba porque não ficar de fora

As redes sociais fazem parte da rotina das pessoas, dos cerca de 3 bilhões de usuários da internet no mundo, mais de 1 bilhão usam as redes sociais. Os brasileiros estão entre os indivíduos que mais acessam seus perfis diariamente, segundo a agência da ONU, International Telecommunications Union, que fez um grande apanhado de informações sobre a relação das pessoas com a internet em 2014.

E para que tanta gente usa as redes sociais? Basicamente para manter contato com amigos e familiares; estar atualizado sobre as últimas notícias e eventos e dar sua opinião sobre produtos e serviços, como registra uma pesquisa divulgada pela empresa americana GlobalWebIndex (GWI) no começo deste ano.

Acompanhar os acontecimentos

Se é no ambiente virtual que as pessoas passam seu tempo em busca de informação, é lá que os serviços e negócios também devem estar, com a consciência de que essa presença será um canal de comunicação direto com seu público-alvo. Estar presente nas redes sociais demonstra o interesse em se aproximar, conversar e entregar informação sobre seu serviço.

As instituições de saúde têm papel fundamental nesta relação, uma vez que prestar informações de qualidade é uma das formas de qualificar o serviço e contribuir para a construção de uma imagem de credibilidade, e esse é um dos pontos de atuação do marketing médico.

Objetivos bem definidos

Sua atuação nas redes sociais pode ter diferentes objetivos, na verdade, o processo todo depende das estratégias criadas pelo planejamento de marketing. Ter uma página no Facebook não serve apenas para fazer uso desta plataforma gratuita como meio de divulgação do seus serviços, é a oportunidade de mostrar que você pode ser útil e oferecer conteúdo relevante para seu público-alvo, como os pacientes, futuros pacientes ou profissionais parceiros.

Usar redes sociais como Twitter e Instagram são formas de integrar seu trabalho com a divulgação de artigos em seu site, além de servirem como canais de atendimento em tempos que as pessoas usam cada vez menos o telefone para falar e mais para escrever mensagens. É uma oportunidade de dar dicas sobre cuidados, qualidade de vida, bem-estar, doenças e tratamentos e informar sobre os procedimentos realizados em sua instituição, sempre incentivando que as pessoas busquem atendimentos médicos e não se baseiem apenas nas informações que encontram online.

Interesse no paciente

Manter os canais de redes sociais atualizados, com informações que levem ao seu site e email de contato, são uma forma de ser encontrado. E isso tudo tem a ver com o atendimento que é realizado em sua clínica ou consultório, porque tudo está interligado e demonstra o nível de interesse que você tem com as pessoas que recebe para uma consulta.

Ética acima de tudo

Tudo na internet assume uma proporção maior, que pode ser positiva ou negativa, por isso é indispensável conhecer as regras de publicidade médica determinadas pelo Conselho Federal de Medicina e agir com ética, tendo em mente que estar na internet é uma das áreas de publicidade, mas não é a única. Alimentar as redes sociais é uma ferramenta para estreitar o relacionamento com seus pacientes, mas o trabalho de marketing médico vai além, ele é planejado de acordo com suas necessidades e para buscar os resultados que você deseja.

Sua instituição de saúde já faz alguma ação de marketing médico? Você gostaria de saber mais sobre como essas estratégias podem beneficiar seu crescimento? Converse conosco, podemos fazer um diagnóstico de marketing do seu negócio e ajustar a estratégia ideal para você, conheça nossos serviços e saiba como o marketing na área da saúde pode ser o seu melhor investimento.

O caminho entre a escolha e o atendimento. Como pensa o meu paciente?

Artigo

O caminho entre a escolha e o atendimento. Como pensa o meu paciente?

Como utilizar o Instagram profissionalmente na área da saúde

E-book

Como utilizar o Instagram profissionalmente na área da saúde

Receba nosso conteúdo VIP