Facebook Pixel Saiba como a tecnologia hospitalar facilita a rotina das instituições

Artigo

Saiba como a tecnologia hospitalar facilita a rotina das instituições

Publicado em 30.07.2018

Saiba como a tecnologia hospitalar facilita a rotina das instituições

O uso da tecnologia hospitalar é uma tendência para a adaptação às novas demandas sociais. Podendo ser usadas para melhorar, entre outras coisas, a gestão de pacientes, as inovações surgem para aprimorar as rotinas das entidades de saúde.

A administração e a prestação de serviços em um centro clínico pode ser feita a partir do uso de diversas ferramentas. A modernização nesta área é essencial para manter a competitividade da instituição dentro de um mercado complexo.

Abrangendo todos os setores de um hospital, a tecnologia se apresenta como uma solução para o alcance da excelência do atendimento. Isso é possível pela visão geral que os sistemas de gestão oferecem, reunindo informações e dados em um único local.

Assim, é possível que o gestor tome decisões concisas e os médicos ofereçam aos usuários um diagnóstico mais assertivo. Tudo isso, é claro, pela adoção das técnicas que melhor se adaptam à realidade de cada instituição.

Com tantas possibilidades, para ajudar nesta escolha, foi preciso criar uma Avaliação de Tecnologias em Saúde. O método estuda as consequências tanto a curto quanto a longo prazo da adesão de determinado processo.

Afinal, o que é tecnologia hospitalar?

Por tecnologia em saúde, entende-se toda a técnica usada para levar saúde à população, como:

  • medicamentos;
  • equipamentos;
  • recursos técnicos;
  • sistemas organizacionais, de informação, de suporte e educacionais;
  • programas e protocolos assistenciais.

Logo, são exemplos de inovação: impressoras 3D e 4D, wearables, comprimidos com chips, kinect, tablets e cirurgias com robôs. Todas essas tendências mostram resultados promissores em testes e prometem revolucionar a oferta de saúde.

Quais são os benefícios das inovações?

Quando a tecnologia é usada para reunir informações, oferece à instituição o insumo necessário para as tomadas de decisão. Com isso, é possível conhecer custos, eficácia dos processos internos, andamento do fluxo de trabalho e produtividade dos colaboradores.

Um grande benefício do uso de um sistema para a gestão do hospital é prever a necessidade de novos investimentos, calcular a rotatividade do atendimento e controlar os níveis ideais do estoque.

Tudo isso possibilita que o tempo anteriormente gasto em processos burocráticos seja investido na humanização das relações entre as equipes e pacientes. Há, portanto, maior produtividade.

Pela valorização da construção de conhecimento melhoram-se os cuidados assistenciais, processos e controles. Além de eliminar o retrabalho e reduzir custos sem interferir na qualidade do serviço.

Como melhorar a experiência do usuário?

Para garantir a satisfação, é preciso melhorar a jornada do paciente dentro da instituição. Uma possibilidade é oferecer mecanismos para a marcação de consultas on-line.

Desse modo, o usuário tem autonomia para escolher os dias, horários e profissionais que irão atendê-lo. A disponibilização virtual de exames e diagnósticos também é um grande diferencial.

Além disso, para melhorar a experiência, é preciso oferecer canais de comunicação externos. Dentre os quais estão telefone, redes sociais, e-mails e aplicativos.

Os canais em meio on-line se apresentam com grande diferencial, e possibilitam o investimento em marketing de conteúdo, para atrair e fidelizar usuários, ao mesmo tempo em que melhora a imagem da instituição.

Em resumo, a tecnologia hospitalar agrega diversas vantagens às rotinas dos centros de saúde e também possibilitam a reunião de informações. Com isso é possível criar métricas fundamentais, que vão agregar conhecimentos para o bom funcionamento das instituições.

Entenda qual a importância da realidade virtual na saúde digital

Artigo

Entenda qual a importância da realidade virtual na saúde digital

Receba nosso conteúdo VIP