Facebook Pixel Reclamações nas Redes Sociais: como lidar com pacientes insatisfeitos - E-saúde

Artigo

Reclamações nas Redes Sociais: como lidar com pacientes insatisfeitos

Publicado em 25.02.2017

Reclamações nas Redes Sociais: como lidar com pacientes insatisfeitos

As redes sociais colocaram nas mãos dos consumidores um poder novo. Antes, ao ficarem insatisfeitos com produtos, serviços ou com o atendimento de alguma instituição, restava ao consumidor entrar em contato com a empresa e torcer para conseguir resolver o problema.

Hoje, porém, existe a web, e nela estão disponíveis diversas ferramentas pessoais com o alcance dos meios de comunicação — ou seja, as reclamações nas redes sociais não são individuais, nem restritas a consumidor e empresa.

Os feedbacks negativos estão lá para quem quiser ver. Eles se tornaram públicos, e os consumidores podem expressar sua insatisfação para milhares de pessoas. Além disso, eles também têm acesso aos comentários de outros consumidores, fator decisivo na hora de escolher com quem fechar um negócio.

Os problemas das empresas hoje são públicos, e o mesmo acontece com clínicas e pacientes insatisfeitos. No post de hoje, confira como a sua instituição deve lidar com as insatisfações nas redes sociais:

Problema ou oportunidade?

Para muitos médicos e clínicas, as reclamações causam frios na espinha. Mas tenha calma! A verdade é que, se a sua clínica souber como lidar com elas, as reclamações deixam de ser problemas e se tornam oportunidades: oportunidades de reconquistar um paciente decepcionado, de mostrar aos demais que a clínica oferece um bom atendimento.

Afinal, problemas acontecem em empresas de qualquer área. O que faz a diferença é como cada empresa lida com eles.

Recebi uma reclamação, e agora?

Ao receber uma reclamação, mantenha a calma e lide com o problema da maneira mais sensata possível. Para isso, recomenda-se seguir os seguintes passos:

1. Tenha uma equipe profissional

Você talvez já tenha ouvido a história de uma empresa que respondeu a uma crítica de forma passional e acabou causando ainda mais revolta. Este é um dos principais motivos pelos quais é importante ter uma equipe de profissionais especializados em atendimento via redes sociais responsável pelos seus canais.

As respostas precisam ser profissionais sempre, educadas, rápidas e solícitas, por mais que o paciente insatisfeito tenha sido rude com a clínica.

2. Analise cada problema individualmente

Lembre-se de que pacientes insatisfeitos estão chateados, eles precisam da sua atenção. A clínica precisa saber ouvir genuinamente e atender as demandas de cada um. Tenha um plano de ação para cada caso e também para imprevistos. Isso torna as respostas mais ágeis e eficazes.

3. Ofereça respostas personalizadas

Respostas genéricas causam mais revolta e os pacientes geralmente percebem textos padronizados. A personalização das respostas mostra que sua clínica está, de fato, preocupada em resolver o caso daquele paciente. Ele se sente valorizado, acolhido, e provavelmente seguirá negociando de forma mais tranquila.

4. Resolva os problemas

O que você dirá a um paciente que foi mal atendido na recepção? E em casos mais graves, como um resultado inesperado para um tratamento?

Em alguns casos, o registro da reclamação e um pedido de desculpas sincero da empresa basta. Em outros, é preciso compensar o ocorrido de alguma forma; com descontos em tratamentos, uma nova consulta encaixada na agenda lotada, por exemplo.

De qualquer forma, é sempre importante mostrar que sua clínica está fazendo o que estiver ao seu alcance para resolver.

5. Esteja preparado para casos mais graves

Uma prática comum é direcionar casos mais graves para outros meios de comunicação privados e onde o problema pode ser resolvido de forma mais eficaz e prática.

Se um paciente acusa a clínica de um erro médico, por exemplo, o ideal e responder a reclamação na rede social pedindo os contatos pessoais do paciente. Se a sua clínica conseguir identificar a pessoa e já tiver seus contatos, procure responder nas redes sociais da mesma forma, avisando que entrarão em contato.

A resposta na rede social é importante não apenas para dar satisfação ao paciente, mas para que outros vejam que sua empresa está tomando providências.

6. Melhore sempre

Elas são doloridas, mas também são valiosas. Uma clínica não cresce sem o feedback de seus pacientes, por isso, não corra das reclamações nas redes sociais. Saiba aproveitá-las para melhorar cada vez mais!

Gostou desse conteúdo? Quer acompanhar mais dicas como estas? Curta nossa página no Facebook e não perca nenhuma novidade que compartilhamos por lá!

Descubra os benefícios da humanização no atendimento

Artigo

Descubra os benefícios da humanização no atendimento

7 dicas para melhorar o atendimento da sua clínica

E-book

7 dicas para melhorar o atendimento da sua clínica

Receba nosso conteúdo VIP