Artigo

Quando surgem os resultados do marketing para clínicas


Publicado em 26/09/2017 - Atualizado 08/06/2017

Quando surgem os resultados do marketing para clínicas

Essa é uma das dúvidas mais frequentes entre médicos e administradores prestes a contratar um serviço de marketing para si ou para suas clínicas. Desde já, esclarecemos: atingir sólidos resultados do marketing para clínicas requer meses de dedicação e investimento. É preciso entender, em primeiro lugar, que o pensamento deve ser, sempre, a médio e longo prazo.

Esperar que seu objetivo seja plenamente atendido em um ou dois meses leva à frustração e à 26desistência. Por isso, como agência que prioriza a realização de um trabalho de qualidade e de um atendimento responsável, a E-saúde não promete alcance de resultados a curto prazo aos seus clientes.

Mas por que pode demorar tanto para colher os frutos de uma estratégia? Quando é possível começar a perceber um retorno sobre o investimento feito? Para responder a esses questionamentos, é importante conhecer e entender os fatores dos quais dependem o sucesso das estratégias e os bons resultados do marketing para clínicas.

Os resultados do marketing para clínicas dependem de esforços conjuntos

O investimento em mídias pagas (no Google e no Facebook, por exemplo) pode ajudar a alavancar a estratégia. No entanto, o fator crucial para que os resultados do marketing para clínicas sejam alcançados é a participação e cooperação do médico/administrador da clínica.

O bom relacionamento do médico/clínica com o lead, ou seja, com o potencial paciente (a pessoa que estiver buscando informações a respeito de consultas e procedimentos), é primordial. Esse bom relacionamento deve se estender por todas as etapas. Quando o paciente estiver na clínica ou no consultório, o bom atendimento não deve ser uma preocupação somente do médico, mas, também, das recepcionistas, enfermeiras e de todos os profissionais que trabalhem em contato com o público. Manter um relacionamento pós-consulta também é essencial, porque esse é o momento em que o paciente pode virar um promotor, recomendando seu serviço a outras pessoas através do bom e velho marketing “boca a boca”.

Como administradores e médicos podem (e devem) ajudar na estratégia de marketing

Além do bom relacionamento e atendimento, existem outras atitudes que espera-se do médico ou do administrador da clínica a partir do momento em que um plano de marketing é contratado:

  • Cadastramento de pacientes: o cadastro de pacientes é importante porque auxilia na formação de um banco de dados (a base de leads), muito útil para ser usado nos envios de e-mail marketing, por exemplo. Geralmente, o cadastramento é feito pelas recepcionistas ou secretárias, e é importante orientá-las sobre como a atividade deve ser realizada.
  • Respostas de contatos via telefone, e-mail, mensagens e comentários nas redes sociais de forma ágil e correta: é extremamente necessário que haja alguém na clínica ou no consultório dedicado a responder os contatos recebidos o mais rápido possível e da forma mais adequada. Essa é uma etapa crucial na jornada de conversão de leads para pacientes. Por isso, é interessante que a pessoa encarregada receba um treinamento de SAC 2.0, para saber exatamente o que e como responder às mensagens recebidas.
  • Cooperação e parceria: acima de tudo, a agência tem o dever de prestar consultoria e indicar ao cliente o melhor caminho. A colaboração entre nós e você (ou sua clínica) serve para que seus objetivos sejam alcançados. Estamos sempre disponíveis para conversar, trocar ideias e orientar nos momentos de decisão, para que a melhor estratégia seja traçada. Como profissionais de marketing, precisamos de sua confiança e parceria.

Assim, concluímos que os resultados do marketing para clínicas dependem, basicamente, da competência e do comprometimento da agência escolhida e da participação ativa do médico ou administrador da clínica para transformar as oportunidades (contatos via telefone, site e redes sociais) em pacientes – e, mais do que isso, em pacientes satisfeitos. Isso significa que o trabalho que desenvolvemos não funciona sem o envolvimento e a cooperação das duas partes.

Vamos desenvolver uma estratégia de sucesso? Solicite o contato de um de nossos consultores e saiba como podemos iniciar uma parceria. 😉

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba por e-mail conteúdos sobre Marketing Digital para saúde.

13 apps médicos que não podem faltar no seu celular

Artigo

13 apps médicos que não podem faltar no seu celular

Seis Dicas para ser um Bom Médico 2.0

E-book

Seis Dicas para ser um Bom Médico 2.0

Receba nosso conteúdo VIP