Facebook Pixel Marketing para clínicas: o que não pode faltar no checklist - E-saúde

Artigo

Marketing para clínicas: o que não pode faltar no checklist

Publicado em 24.08.2016

Marketing para clínicas: o que não pode faltar no checklist

O marketing para clínicas se torna, a cada dia, uma importante ferramenta para alavancar o sucesso dos serviços em saúde que fornecem às pessoas. A partir do uso das estratégias corretas de marketing para a área médica, da compreensão das normas do Conselho Federal de Medina (CFM) para a divulgação do trabalho dos profissionais de medicina e das particularidades do marketing aplicado às clínicas é possível obter resultados eficazes com sua implementação.

Mas, o que é necessário para implementar o marketing na sua clínica?Justamente para você não se perder, preparamos um checklist de marketing para clínicas. Isso, com certeza, vai te ajudar a planejar e executar melhor todas as ações necessárias para que o marketing, na sua área de atuação, seja realmente eficiente.

O que é essencial no marketing para clínicas

O checklist é, basicamente, uma lista resumida de tudo o que você precisa considerar ao elaborar o marketing para sua clínica. Serve com um roteiro para o plano de trabalho que pode e deve ser consultado sempre que necessário. Inclua nele tudo  o que você precisa fazer. Como não é algo estático, ao longo do processo pode ser alterado conforme você perceber que algumas coisas não precisam ser realizadas ou que novas têm de ser acrescentadas.

O checklist básico inclui:

  • definição do objetivo;
  • definição do paciente ideal;
  • escolha das estratégias para fomentar a construção de um relacionamento duradouro;
  • retenção do paciente por meio da satisfação.

A partir destes quatro tópicos, já é possível trabalhar os subitens de cada um, ou seja, pensar os detalhes. O planejamento e a execução deles é que reverterão em resultados com o marketing para clínicas. Descreva-os com base em tudo o que você precisa considerar. Por exemplo:

definição do objetivo – que você quer obter de resultado com o marketing para a clínica?

Mais pacientes?

Tornar-se referência na área de atuação?

Fidelizar seus pacientes?

Em quanto tempo quer atingir a meta?

definição do paciente ideal – o que é preciso saber para construir esse perfil?

  • Gênero;
  • Idade;
  • Classe socioeconômica;
  • Estado civil;
  • Motivações;
  • Dúvidas;

Realizar pesquisa com os pacientes atuais para entender quais são suas necessidades.

Escolha das estratégias para fomentar a construção de um relacionamento duradouro – quais ferramentas vão ajudar a chegar ao objetivo? De quais você dispõe? Quais precisa acrescentar? Quais você vai querer usar?

  • Site e/ou Blog;
  • Equipe de atendimento (Ela está qualificada?);
  • Links patrocinados;
  • Marketing de conteúdo;
  • Marketing digital;
  • E-mail marketing;
  • Assessoria de Imprensa;
  • Publicidade;
  • Consultoria de gestão;
  • Outros.

Retenção do paciente por meio da satisfação – como conseguir?

  • Marketing de relacionamento;
  • Pesquisa de satisfação;
  • Automação de e-mail marketing.

É bem provável que seguindo somente o que sugerimos, você já consiga construir um plano de marketing eficaz. Agora, é seguir em frente porque há muito trabalho ainda para ser feito. Talvez, no processo, você perceba que o melhor é ter a consultoria de uma agência de marketing médico.

Bom trabalho!

O futuro das informações online sobre saúde

Artigo

O futuro das informações online sobre saúde

Guia de marketing para clínicas médicas

E-book

Guia de marketing para clínicas médicas

Receba nosso conteúdo VIP