Facebook Pixel Marketing para clínicas: o que não pode faltar no checklist - E-saúde

Artigo

Marketing para clínicas: o que não pode faltar no checklist

Publicado em 24.08.2016

Marketing para clínicas: o que não pode faltar no checklist

O marketing para clínicas se torna, a cada dia, uma importante ferramenta para alavancar o sucesso dos serviços em saúde que fornecem às pessoas. A partir do uso das estratégias corretas de marketing para a área médica, da compreensão das normas do Conselho Federal de Medina (CFM) para a divulgação do trabalho dos profissionais de medicina e das particularidades do marketing aplicado às clínicas é possível obter resultados eficazes com sua implementação.

Mas, o que é necessário para implementar o marketing na sua clínica?Justamente para você não se perder, preparamos um checklist de marketing para clínicas. Isso, com certeza, vai te ajudar a planejar e executar melhor todas as ações necessárias para que o marketing, na sua área de atuação, seja realmente eficiente.

O que é essencial no marketing para clínicas

O checklist é, basicamente, uma lista resumida de tudo o que você precisa considerar ao elaborar o marketing para sua clínica. Serve com um roteiro para o plano de trabalho que pode e deve ser consultado sempre que necessário. Inclua nele tudo  o que você precisa fazer. Como não é algo estático, ao longo do processo pode ser alterado conforme você perceber que algumas coisas não precisam ser realizadas ou que novas têm de ser acrescentadas.

O checklist básico inclui:

  • definição do objetivo;
  • definição do paciente ideal;
  • escolha das estratégias para fomentar a construção de um relacionamento duradouro;
  • retenção do paciente por meio da satisfação.

A partir destes quatro tópicos, já é possível trabalhar os subitens de cada um, ou seja, pensar os detalhes. O planejamento e a execução deles é que reverterão em resultados com o marketing para clínicas. Descreva-os com base em tudo o que você precisa considerar. Por exemplo:

definição do objetivo – que você quer obter de resultado com o marketing para a clínica?

Mais pacientes?

Tornar-se referência na área de atuação?

Fidelizar seus pacientes?

Em quanto tempo quer atingir a meta?

definição do paciente ideal – o que é preciso saber para construir esse perfil?

  • Gênero;
  • Idade;
  • Classe socioeconômica;
  • Estado civil;
  • Motivações;
  • Dúvidas;

Realizar pesquisa com os pacientes atuais para entender quais são suas necessidades.

Escolha das estratégias para fomentar a construção de um relacionamento duradouro – quais ferramentas vão ajudar a chegar ao objetivo? De quais você dispõe? Quais precisa acrescentar? Quais você vai querer usar?

  • Site e/ou Blog;
  • Equipe de atendimento (Ela está qualificada?);
  • Links patrocinados;
  • Marketing de conteúdo;
  • Marketing digital;
  • E-mail marketing;
  • Assessoria de Imprensa;
  • Publicidade;
  • Consultoria de gestão;
  • Outros.

Retenção do paciente por meio da satisfação – como conseguir?

  • Marketing de relacionamento;
  • Pesquisa de satisfação;
  • Automação de e-mail marketing.

É bem provável que seguindo somente o que sugerimos, você já consiga construir um plano de marketing eficaz. Agora, é seguir em frente porque há muito trabalho ainda para ser feito. Talvez, no processo, você perceba que o melhor é ter a consultoria de uma agência de marketing médico.

Bom trabalho!

Empresas baianas do ramo de saúde inovam em estratégias de marketing

Artigo

Empresas baianas do ramo de saúde inovam em estratégias de marketing

Guia de marketing para clínicas médicas

E-book

Guia de marketing para clínicas médicas

Receba nosso conteúdo VIP