Facebook Pixel Como o conceito hospital digital pode contribuir com o marketing

Artigo

Como o conceito hospital digital pode contribuir para alavancar o seu marketing?

Publicado em 22.11.2017

Como o conceito hospital digital pode contribuir para alavancar o seu marketing?

A tecnologia e inovação na área da saúde, é uma realidade que, aos poucos, tem chegado no Brasil. Essa inovação vai desde o agendamento online, primeira etapa do contato com o paciente, até os centros cirúrgicos, que estão usando a tecnologia para realizar os procedimentos com mais assertividade.

Dentro desse contexto, nasce então o termo “hospital digital”, que é a utilização do sistema de informação em todos os processos da instituição. A tecnologia da informação (TI) tem a função de otimizar tempo, processos internos, recursos, controle de insumos, fluxo de informações, entre outros fluxos de trabalho e garantir e promover a segurança do paciente!

Hospital Digital x Marketing Digital

O que esses dois conceitos têm em comum, além da palavra digital?

Os dois são conceitos e aplicações cuja finalidade é sair do tradicional, daquilo que é velho, e aproveitar tudo o que a tecnologia pode oferecer. E é esses pontos que vamos abordar no decorrer do texto.

Mas, antes, vou explicar melhor o termo hospital digital.

O hospital digital é a transição dos procedimentos analógicos -, ou seja, prontuário escrito à mão, agendamento feito apenas por telefone, raio-x impresso em lâmina, controle de insumos feitos em uma planilha de excel – para o digital.

Entre essas mudanças estão adoções de sistemas de gerenciamento que integram todos os setores em um único software. Então, tudo o que antes era feito de forma manual, passa a ser integrado dentro de um sistema que controla e dá acesso a todas as informações em segundos.

Essa comunicação integrada permite que o gestor hospitalar tome decisões de forma eficaz e rápida.

Hoje, para ser considerado um hospital 100% digital, é preciso obter o certificado da Sociedade de Sistemas de Gestão e Informação em Saúde (Healthcare Information and Management System Society – HIMMS). Para consegui-lo, é necessário atender a oito pré-requisitos, sendo que cada um detém uma especificação do que no hospital precisa ser digitalizado para avançar para o próximo estágio.

Assim, a cada pré-requisito que a instituição adota e a cada ferramenta e automatização de processo – por exemplo, ERP, Prontuário Eletrônico, sistema de arquivamento de imagens online -, ela vai aderindo aos requisitos para ser considerada digital.

De forma geral, o hospital digital é mais que uma tendência, é a evolução. Hoje, os pacientes estão procurando clínicas e hospitais que possam promover conforto e bem-estar, desde o primeiro contato.

E é através das mudanças que o paciente passa a enxergar mais credibilidade na instituição, e acaba tendo ela como referência de mercado. Em vários países, isso tem acontecido massivamente.

Já no marketing, essa transição do tradicional para o digital tem sido adotada em grande escala por empresas de diferentes segmentações, inclusive na saúde.

As vantagens são inúmeras. Mas o principal benefício é você poder fazer isso sem precisar de um grande time ou investimento extremamente alto.

O tradicional

Há cinco anos, fazer marketing no Brasil era apenas para empresas de médio e grande porte, pois era caro.

Porém, desde que o marketing digital começou a ser difundido no Brasil, isso mudou e possibilitou até mesmo às clínicas de pequeno porte usarem essa estratégia para atrair pacientes.

Você mesmo pode começar o processo de implantação de marketing digital dentro da sua clínica. Isso porque o processo de inclusão do marketing digital dentro de qualquer instituição vem sendo cada vez mais didático e acessível. E pode acreditar que os retornos são positivos.

E ao longo do processo, você vai perceber que, com o retorno obtido, será possível estruturar melhor sua equipe, contratando profissionais para melhorar o desempenho do marketing ou optando por uma agência que possa tocar o processo adiante.

Caso sua clínica queira obter sucesso e atrair mais pacientes, é preciso ficar atento à alguns pontos e evoluir alguns estágios para planejar um marketing que seja eficiente.

Estes pontos baseiam-se em alguns conhecimentos e ferramentas que, somados a uma boa estratégia, vão gerar resultados mais expressivos e a conquista de maior espaço no mercado.

Vamos trabalhar esses conhecimentos e ferramentas em quatro estágios, para aplicar de forma prática na sua clínica ou hospital.

Estágio 1

Partindo do princípio que sua clínica já tenha um site e redes sociais rodando, como impulsioná-las?

A melhor forma de impulsionar é engajar seu público.

Mas quem é seu público? Essa é uma resposta que você deve ter na ponta da língua. É a partir desse conhecimento que você vai conseguir direcionar sua estratégia de marketing.

Para gerar engajamento, o uso do marketing de conteúdo é essencial, pois ele vai oferecer ao seu paciente informações importantes e relevantes, além de responder suas dúvidas e educá-los.

Uma das ferramentas que gera bastante resultados é o blog corporativo. Por meio dele você consegue desenvolver conteúdos institucionais, cases de sucesso, entre outros materiais que servem para aumentar o engajamento do seu público por meio de marketing de conteúdo. Por isso, é importante conhecer o seu público, o paciente ideal.

Produzir esses conteúdos é a melhor forma de atrair seu paciente e gerar engajamento para seu site e redes sociais. Eles aumentam o número de visitantes para a página e quanto mais visitantes você tiver, melhor posicionado ele vai ficar na busca do google.

Estágio 2

Quando você começar a gerar tráfego de visitas no seu site, blog e redes sociais, é importante fazer com que o visitante deixe, no mínimo, seu e-mail. É através do e-mail que você vai manter uma relação próxima e transformá-lo em seu paciente.

Para gerar leads, você deve desenvolver materiais ricos. Esses materiais serão conteúdos maiores, geralmente condensados na forma de e-books. Assim, quando o paciente for baixar o e-book, ele deverá deixar o e-mail por meio de um formulário.

Com o e-mail em mãos você poderá trabalhar o próximo estágio, que é o e-mail marketing e a nutrição de leads.

Estágio 3

O e-mail marketing e a nutrição de leads é uma etapa crucial para o marketing digital. Depois de ter obtido o e-mail, seja através do e-book ou de modo offline (que é quando o paciente faz o cadastro na primeira vez que consulta na sua clínica), deve-se elaborar campanhas de e-mail marketing para enviar para esses contatos.

Você pode criar campanhas segmentadas, com informações relevantes. Com isso, você estará nutrindo seus leads, para que eles criem um conceito em cima dos serviços oferecidos por sua instituição por meio dos seus conteúdos. Assim, quando ele precisar de uma clínica para consultar, lembrará de você, pois, constantemente ele aprende com seus conteúdos.

Estágio 4

Até agora a jornada do paciente está da seguinte forma:

  1. ele procurou algum conteúdo sobre saúde;
  2. entrou no seu blog, leu o texto e encontrou no final um CTA (call action) para baixar um e-book;
  3. preencheu a landing page e deixou o e-mail.

Agora que ele virou seu lead, você está nutrindo ele periodicamente com informações e conteúdo relevantes. Então, chega o grande momento. Ele vai precisar de um atendimento clínico e resolve pegar o telefone para ligar e agendar uma consulta.

A situação é a seguinte: ele tenta três vezes, mas só dá ocupado. Isso acontece frequentemente em clínicas e consultórios por causa da demanda, porém, quando ocorre este tipo de situação, geralmente, o seu futuro paciente acaba procurando um concorrente.

Isso não é legal!

Na última etapa você perdeu o seu paciente porque ele não conseguiu falar com ninguém na sua clínica.

Para evitar esse tipo de situação, já existem soluções que podem ajudar você a reter o paciente. Uma delas é o agendamento online, uma boa opção para você ter na sua clínica.

Conclusão

Estes são apenas alguns estágios que você vai percorrer, pois, na verdade, existem vários outros tópicos importantes para se desenvolver dentro do marketing digital.

Existe bastante conteúdo disponível gratuitamente online para você desenvolver e melhorar sua estratégia e alavancar seu marketing. Você pode encontrar muitos desses conteúdos no nosso blog.

Autor: Guilherme Nery, analista de marketing da CM Tecnologia, empresa especializada na jornada do paciente e soluções na área da saúde.

A importância da identidade visual para minha clínica e consultório

Artigo

A importância da identidade visual para minha clínica e consultório

SAC 2.0: como transformar seu relacionamento com o paciente

E-book

SAC 2.0: como transformar seu relacionamento com o paciente

Receba nosso conteúdo VIP