Facebook Pixel 5 formas de reduzir custos da clínica sem afetar a sua qualidade - E-saúde

Artigo

5 formas de reduzir custos da clínica sem afetar a sua qualidade

Publicado em 17.02.2017

5 formas de reduzir custos da clínica sem afetar a sua qualidade

Um dos fatores determinantes para o sucesso de uma empresa é o seu orçamento. Quando a parte financeira sofre, as empresas podem ter um desenvolvimento aquém do esperado, ficando comprometidas.

Isso inclui também empresas da área de saúde, como clínicas e hospitais. Manter uma gestão financeira saudável nesse tipo de empreendimento pode ser um desafio. Porém, existem formas de reduzir custos da clínica sem que a qualidade dos serviços e o bom atendimento ao paciente sejam afetados.

No post de hoje, listamos 5 formas práticas de reduzir custos de sua empresa de saúde. Confira!

1. Investir na terceirização

Contratar serviços terceirizados faz com que a clínica dirija o foco para sua atividade principal, ao mesmo tempo em que garante benefícios para o empreendimento. Terceirizar os serviços em clínicas pode proporcionar uma melhora considerável nas operações e na produtividade, bem como otimização de tempo e diminuição de gastos.

Isso acontece porque os empreendimentos na área de saúde não envolvem apenas a parte assistencial de medicina, enfermagem, laboratórios, entre outras áreas, mas também uma grande quantidade de especializações que são importantes para manter um bom funcionamento, tanto da estrutura física quanto de atendimento.

Assim, terceirizar serviços é uma forma de economizar com contratos e custos.

2. Fazer uma análise dos gastos com estoque

Em clínicas, a correta gestão de estoques de materiais e medicamentos é fundamental para uma maior eficiência na prestação de serviços, pois evita que haja ruptura no nível dos estoques, o que implicaria na interrupção das atividades.

Para que tudo possa fluir bem nessa área, é preciso adotar várias funções logísticas que imponham eficácia no controle, no armazenamento e no processamento de pedidos, assim como na sua distribuição.

3. Utilizar a tecnologia da informação

Cada vez mais, o uso da tecnologia é necessário para a redução de custos fixos.

Na área de exames e diagnósticos, o auxílio das plataformas tecnológicas possibilitam exames rápidos e entregas de laudos em minutos ou em poucas horas, algo muito importante para urgências e emergências em clínicas.

Dessa forma, a adoção de softwares médicos é essencial para a agilização dos processos e a redução de custos da clínica, inclusive, custos com pessoal.

4. Ter atenção aos custos

Para uma boa gestão de custos em clínicas, é fundamental que o gestor tenha um olhar mais analítico sobre todas as áreas da empresa, no que se refere às dificuldades, aos custos e à pressão por qualidade.

Grande parte das empresas de saúde, por desconhecimento dos custos reais dos serviços prestados, sofre com dificuldades financeiras. Um sistema de controle de custos mais detalhado permite identificar que tipos de componentes podem ser gerenciados mais efetivamente, sem perder em qualidade.

5. Eliminar processos e hábitos burocráticos

Aspectos considerados burocráticos, como agendamento de consultas, se tornam mais evidentes quando há sobrecarga na agenda e os pacientes ficam ligando para marcar consultas.

Nesses momentos, é importante ter secretárias eficientes para o atendimento pessoal. Além disso, com o advento de novas tecnologias, a implantação de atendimentos online — como sistemas de agendamento de consultas ou mesmo o uso de aplicativos como o WhatsApp — mostra-se bastante válida.

Ao adotar procedimentos simples, usar as tecnologias disponíveis e terceirizar a mão de obra para reduzir despesas, sua clínica não somente evitará entrar em colapso, como também estará em desenvolvimento.

E você, sabe de mais alternativas que possibilitem reduzir custos da clínica? Conte pra gente e compartilhe!

Quem são e como atrair os tipos de pacientes que minha clínica deseja?

Artigo

Quem são e como atrair os tipos de pacientes que minha clínica deseja?

Guia de marketing para clínicas médicas

E-book

Guia de marketing para clínicas médicas

Receba nosso conteúdo VIP