Facebook Pixel 4 dicas de Marketing Médico para eventos e congressos - E-saúde

Artigo

4 dicas de Marketing Médico para eventos e congressos

Publicado em 01.11.2016

4 dicas de Marketing Médico para eventos e congressos

Eventos e congressos são uma excelente oportunidade para os profissionais da saúde aumentarem sua rede de relacionamentos. O networking é um importante processo do Marketing Médico, e a grande parte dos profissionais não sabe muito bem como fazer.

Esse é um talento que não se aprende na faculdade de medicina e a maioria dos profissionais acaba aprendendo sozinho, no famoso modelo de tentativa e erro. Mas, mais do que conhecer pessoas é preciso conectar-se com as pessoas certas. Em um bom networking, ambas as partes saem ganhando.

Pensando nisso, produzimos este artigo com 3 dicas valiosas para que você gere mais frutos em futuros eventos e congressos. Vamos lá!

Como o networking no marketing médico pode me ajudar?

Essa é uma pergunta comum e que pode ser respondida com uma palavra: parcerias. Muitas vezes ter uma clínica ou profissional de confiança para atender em áreas que você não atua pode ajudar na manutenção dos pacientes e resultar em um melhor atendimento.

Outros benefícios de uma boa rede de contatos são as indicações (sempre bem-vindas), ajuda com problemas específicos de pacientes e quem sabe até mesmo novas iniciativas conjuntas. Agora que você já entendeu os benefícios — que vão muito além destes que citamos — chegou a hora das nossas dicas.

Defina objetivos para seu networking

Antes mesmo de sair distribuindo seu cartão de visitas em eventos e falando aleatoriamente com os participantes, responda a estas duas perguntas: qual profissional (de qual segmento ou com qual perfil) seria ideal conhecer? Como ele me ajudaria e como eu poderia ajudá-lo?

Lembre-se que a parceria estratégica deve ser benéfica para todos: pacientes, profissionais e instituições. Por isso, esteja aberto às oportunidades que cada evento oferece, mas tenha em mente seus objetivos para não ficar refém do acaso.

Quem não é visto, não é lembrado

Essa é uma máxima do marketing que funciona perfeitamente para a área da saúde. Ser visto não quer dizer necessariamente chamar atenção, mas tomar a iniciativa na hora certa e ter ferramentas — como o cartão de visitas — para que os possíveis parceiros não deixem de entrar em contato com você após o evento.

Como você já refletiu sobre qual o perfil profissional seria interessante conhecer, não tenha receio de abordá-los no evento. Ao iniciar uma conversa faça perguntas que te forneçam indícios do perfil profissional do interlocutor. Busque entender se esse é um potencial parceiro, ou não.

Defina uma abordagem de ganho mútuo

Chamamos de perguntas estratégicas aquelas que entregam uma informação vital para seu networking sem ser direto ou invasivo demais, ou até ofender seu interlocutor.

Busque saber em qual cidade ele trabalha, quais suas especializações e também quais possibilidades de parceria existem entre vocês. Lembre-se de refletir sobre como você pode ajudá-lo a resolver seus problemas. Como falamos no início do artigo, essa parceria deve ser boa para todas as partes.

Você já experimentou planejar-se para fazer networking em congressos e eventos? Colocar essas dicas em ação certamente será muito importante para o seu marketing médico.

Assine nossa newsletter e fique atualizado com as principais novidades do mercado. 🙂

Novidades no Google: muda a entrega de resultado para mobile

Artigo

Novidades no Google: muda a entrega de resultado para mobile

Receba nosso conteúdo VIP